anuncie AQUI
Parauapebas

Mulher quase bate em viatura, resiste à prisão e ofende Políciais em Parauapebas

No interior do veículo foram encontradas diversas garrafas de cerveja e copos com uísque. Célia resistiu à prisão e foi necessário o uso da força e algemas para contê-la, devido ao risco de acidentes. Durante a abordagem, ela interferiu no trânsito, gritando e batendo no capô de outros veículos. Por fim, ela caiu e machucou a sobrancelha esquerda durante a resistência.

11/06/2024 13h36
Por: portal pebas news
Fonte: Redação
Crédito redes sociais
Crédito redes sociais

Uma mulher foi detida em Parauapebas suspeita de dirigir embriagada e resistir à prisão. A detenção ocorreu após a mulher quase colidir com o veículo dela contra a viatura da Polícia Militar. Não obstante, a acusada ainda teria ameaçado os policiais, alegando ser assessora do prefeito e interferindo no trânsito, batendo no capô de outros carros.

Segundo a PM, foi durante um patrulhamento que a guarnição observou o veículo da suspeita em alta velocidade. Após quase colidir com a viatura, foi dada a ordem de parada, que inicialmente foi desobedecida. Em seguida, ao descer do carro, a mulher estava visivelmente alterada e sob efeito de álcool, com odor etílico, olhos vermelhos e fala confusa.

Ela se identificou como assessora do prefeito e proferiu diversas ofensas contra os policiais, se recusando a cooperar.

No interior do veículo foram encontradas diversas garrafas de cerveja e copos com uísque. Célia resistiu à prisão e foi necessário o uso da força e algemas para contê-la, devido ao risco de acidentes. Durante a abordagem, ela interferiu no trânsito, gritando e batendo no capô de outros veículos. Por fim, ela caiu e machucou a sobrancelha esquerda durante a resistência.

a mulher, de 56 anos, que estava na companhia de Célia, também ofendeu os policiais e foi conduzida com a colega para a Delegacia de Polícia Civil. Os objetos apreendidos no veículo incluem um envelope com R$ 12.485,00  em espécie, uma bolsa feminina caramelo, dois celulares, dois porta-cédulas com documentos pessoais, um carregador de celular, uma caixa térmica com três cervejas e dois óculos escuros.

A reportagem foi informada de que Célia teria pagado fiança e sido liberada.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários