anuncie AQUI
Marabá - PA

Saúde: Pronto-Socorro e Pronto Atendimento do HMM atendem cerca de 500 pacientes por dia

Pronto-Socorro e Pronto Atendimento recebem diariamente os pacientes de Marabá e de mais 20 cidades vizinhasSe a UTI é considerada o coração do hos...

10/06/2024 14h47
Por: portal pebas news
Fonte: Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA

Pronto-Socorro e Pronto Atendimento recebem diariamente os pacientes de Marabá e de mais 20 cidades vizinhas

Se a UTI é considerada o coração do hospital, certamente o Pronto-Socorro (PS) e o Pronto Atendimento são as mãos, pois é a partir destas duas portas de entrada que mais de 500 pacientes de Marabá e outras 20 cidades vizinhas são atendidos e encaminhados, diariamente, aos demais setores do Hospital Municipal de Marabá (HMM). De acordo com o Ministério da Saúde, o Pronto-socorro é um estabelecimento que funciona 24 horas e é destinado a prestar assistência aos pacientes, com ou sem risco de vida, cujos agravos à saúde necessitam de atendimento imediato.

Thayson de Sousa, coordenador do Pronto-Socorro
Thayson de Sousa, coordenador do Pronto-Socorro

“A entrada pode ser pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que já faz a regulação, ou por conta própria. Ao adentrar aqui, o atendimento é feito de forma rápida, em seguida o paciente é encaminhado a fazer o que for necessário, como tomografia, exames laboratoriais e também pode ser destinado aos outros setores que se façam necessários”, destaca o coordenador do Pronto-Socorro, Thayson de Sousa.

Só no Pronto-Socorro do HMM passam, por dia, cerca de 150 pacientes. O setor dispõe de 20 leitos para observação antes do encaminhamento aos demais setores do hospital, conforme a avaliação dos especialistas que visitam diariamente o local, como cirurgião geral, neurologista, bucomaxilo, nefrologista, urologista, infectologista, fisioterapeuta, fonoaudiólogo e farmacêutico. Além disso, o plantão 24h do Pronto Socorro conta com dois médicos, dois enfermeiros e cinco técnicos de enfermagem. A partir das avaliações, o paciente pode ser encaminhado para o Centro Cirúrgico, Unidade de Cuidados Especiais (UCE), Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), encaminhamento para especialidades nos hospitais regionais, receber alta ou até mesmo orientações de cuidado em casa.

“A gente faz o possível para atender a todos os pacientes que adentram o Hospital de forma eficaz, pois é muito importante termos uma porta de entrada dessas que salva muitas vidas. A nossa equipe está sempre empenhada para cuidar e atender e encaminhar esses usuários, pois se a gente presta um bom atendimento, os demais setores do Hospital consequentemente também terão”, considera o coordenador.

A lavradora Francisca Monteiro, 56 anos, está feliz com o atendimento prestado ao marido José Dias. Ele sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) e foi encaminhado de São Domingos do Araguaia, cerca de 40 km de Marabá, por não haver a assistência adequada no município vizinho.

Lavradora Francisca Monteiro
Lavradora Francisca Monteiro

“Ele passou mal e então a gente o levou até a emergência do hospital de lá, mas o médico encaminhou para cá, porque lá não tinha atendimento para o problema que ele teve. Aqui o atendimento foi bom e ele está melhorando aos poucos, teve acompanhamento médico, alimentação e logo vai ter alta”, avalia a esposa do paciente.

Pronto Atendimento

Localizado na recepção do HMM, o setor de Pronto Atendimento realiza a regulação de todo e qualquer paciente que necessite de atendimento médico no município. A princípio, é feito o um cadastro rápido pelo sistema e-Sus, agrupando os pacientes de acordo com o grau de complexidade e classificando-os por cores por meio da triagem, a partir do “Protocolo Manchester”, sendo elas:

Vermelha: para casos de atendimento imediato pelo Pronto-Socorro, pois há risco de morte iminente, como acidentes de trânsito com traumatismos. A maioria destes pacientes já vem regulado pelo Samu e adentra diretamente no PS, sem precisar passar pela recepção.

Laranja: muito urgente e precisa ser atendido o mais rápido possível, como suspeita de acidente vascular encefálico, infartos etc;

Amarela: é urgente, necessita avaliação mais detalhada, mas pode aguardar. Normalmente são situações de processos infecciosos, etc;

Verde: pouco urgente, pode aguardar assistência médica ou ser encaminhado para outra unidade de saúde, como pequenos ferimentos ou infecções como resfriado;

Azul: não urgente, ou seja, deve ser acompanhado no consultório médico, pois são situações em que os pacientes podem aguardar mais e podem aconselhados a procurarem os consultórios médicos em outro horário.

“Assim que o paciente chega, sua ficha com os dados pessoais e a primeira escuta são feitas pelos recepcionistas, que se torna muito importante, pois o paciente vai expor o que houve. Após isso, esse paciente recebe a triagem feita por um enfermeiro e um técnico de enfermagem, para classificá-lo pelo grau de urgência antes de passar com o médico que irá proceder, solicitando o que for necessário, para fechar o diagnóstico”, sintetiza o Diretor Geral do HMM, Ricardo Araújo.

Diariamente, cerca de 500 pacientes são regulados no Pronto Atendimento do HMM, uma média de 12 mil usuários por mês.

“Por sermos porta aberta, o nosso pronto atendimento recebe todas as demandas, desde uma dor de ouvido, até um trauma grave. Os pacientes podem vir tanto de forma espontânea, quanto pela ambulância do Samu, e não são apenas de Marabá, mas de outras cidades próximas também”, reitera o gestor.

A partir destas duas duas portas de entrada, o HMM dispõe de serviços importantes para um melhor e mais rápido diagnóstico. Em 7 anos, houve uma evolução considerável em diversos setores, como a criação de uma UTI com 10 leitos, ampliação do Laboratório para a realização de todos os exames no próprio hospital, além de um centro cirúrgico equipado para as demandas Todas as melhorias contribuem para o melhor fluxo no pronto atendimento e Pronto Socorro.

Texto: Sávio Calvo
Fotos: Wellen (com supervisão de Sávio Calvo)

Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA
Foto: Reprodução/Prefeitura de Marabá - PA

The post Saúde: Pronto-Socorro e Pronto Atendimento do HMM atendem cerca de 500 pacientes por dia appeared first on Prefeitura de Marabá - Pa .

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários