anuncie AQUI
Maranhão

Governo disponibiliza recurso de mais de R$1,2 milhão para fortalecer programas de pós-graduação no Maranhão

Investimento é por meio de edital da FAPEMA que está com inscrição aberta até 5 de julho.

10/06/2024 11h57
Por: portal pebas news
Fonte: Secom Maranhão
Foto: Reprodução/Secom Maranhão
Foto: Reprodução/Secom Maranhão

Para aumentar a produção científica e a formação de recursos humanos qualificados, o Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA), lançou o Programa de Apoio à Pós-Graduação. Com este programa estão sendo disponibilizado recursos no valor de R$1.268.00 e o edital está disponível no site da Fundação – [url=http://www.fapema.br]http://www.fapema.br[/url]. As inscrições podem ser feitas até o dia 05 de julho.

O incentivo financeiro se dará por meio da concessão de auxílio e bolsas aos programas a nível stricto sensu das Instituições de Ensino Superior (IES) públicas ou privadas sem fins lucrativos sediadas no Maranhão. Para o presidente da FAPEMA, Nordman Wall, os programas de pós-Graduação são um dos pilares da produção científica no País, e fortalecê-los é investir no futuro do Estado.

Ele destacou que com mais um investimento expressivo, o Governo do Estado mostra que o destaque recente do Maranhão no cenário científico brasileiro é resultado de uma gestão que entende a importância do investimento em pesquisa como uma política pública de longo prazo. “Esta política é quem fomenta a inovação e contribui para o desenvolvimento econômico, social e para a melhoria da qualidade de vida dos maranhenses”, explica Nordman Wall.

Podem submeter propostas ao edital o coordenador ou vice-coordenador de programas stricto sensu reconhecidos pela CAPES. As propostas devem descrever os impactos potenciais do investimento no fortalecimento da pesquisa no Estado, além da evolução tanto do número de mestres e doutores no corpo docente quanto da produção científica dos alunos nos últimos 05 anos.

O diretor Científico da FAPEMA, Cristiano Capovilla, chama a atenção para a necessidade de constar no projeto a equipe executora, sendo esse um ponto que merece atenção redobrada do proponente: “todos aqueles descritos como membros da equipe executora devem estar devidamente registrados na nossa plataforma Patronage, pois o envio da proposta só será possível uma vez que todos eles atestem a anuência eletrônica no nosso sistema”, explica Capovilla.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários